Serra Rio do Rastro: belezas naturais nas serras de Santa Catarina

Tema:Ecoturismo
Autor: Redação 360 Graus
Data: 27/5/2014

Anitápolis

Situada na região do Vale do Braço do Norte, na Grande Florianópolis, a cidade de Anitápolis, localizada a 600 metros acima do nivel do mar é cercada por montanhas e matas. Tem uma população de apenas 3.228 habitantes, foi colonizada por alemães e recebeu este nome em homenagem a Anita Garibaldi, heroína na região.

Cercada por montanhas e matas, Anitápolis tem excelente clima no verão. Torna-se ainda mais atraente por causa dos muitos rios que cortam o seu território e das inúmeras cachoeiras que descem pelos vales. Destaque para as cachoeiras dos rios Povoamento, da Prata, Maracujá, Branco e do Meio Serrinha, além das trilhas off-road, especialmente em Bela Vista, Rio Perdido, Maracujá, São Domingos, Ladeia, Serrinha, Santo Antônio, Serra Garganta e Vermelho.

Na Serra Geral, a 25km do centro, pode-se praticar montanhismo. A cachoeira mais conhecida da cidade é a Cachoeira da Usina, distante 500m da sede municipal, famosa por ficar próxima da antiga usina hidrelétrica.

A cidade guarda na arquitetura das casas a herança cultural dos antepassados. Muitos prédios e casas são em estilo germânico. A Serra da Garganta, a 18km do centro, é famosa pelo Combate da Garganta, que ocorreu durante a Revolução de 1930, quando os revolucionários gaúchos, de passagem por Anitápolis rumo a Florianópolis, entrincheiraram-se na Serra, cercando as Forças Armadas vindas do sul e os soldados da Força Pública de Santa Catarina. Muitos homens morreram no local.

Urubici

A charmosa cidade nasceu em 1915 como vila de São Joaquim. Hoje, suas belezas naturais têm atraído turistas de todas as partes em busca das belas paisagens da Serra Catarinense. Localizada no vale do Rio Canoas, a cidade tem nos morros, vales e cachoeiras lugares perfeitos para quem quer descansar ou se aventurar. Privilegiada por uma paisagem que pode se comparar com as mais lindas da Europa, está situada no ponto mais elevado do Sul do País e por isto é o lugar mais frio e que tem mais condições de nevar. A temperatura mais baixa registrada foi de 17,8 graus negativos, em junho de 1996 no Morro da Igreja. O clima é ideal para aproveitar um bate-papo em frente à lareira, tomar um bom vinho ou apenas relaxar.

A cidade é conhecida também como a terra das hortaliças pela variedade e qualidade da produção local. Em visita a Urubici, não deixe de conhecer o Morro da Igreja, ponto mais alto do sul do Brasil; e a Cascata do Avencal, com 100 metros de queda livre. Também merecem ser vistas as inscrições rupestres deixadas nas cavernas indígenas há mais de quatro mil anos. Seus cenários são perfeitos para a prática de ecoturismo e turismo de aventura, com suas diversas trilhas, cachoeiras e montanhas.

As pousadas são, na maioria, belas fazendas que cultivam costumes dos antigos tropeiros que por ali passavam transportando gado, a partir do final do século XVIII até meados do século passado. Passeios a cavalo, chimarrão, música e culinárias típicas - estes últimos próximos a uma boa lareira - são indispensáveis para quem quer conhecer de perto o verdadeiro sabor da vida no campo.

ATRAÇÕES:

Morro da Igreja É um dos pontos mais visitados da região, justamente por ser o ponto mais alto do Sul, com altitude de 1.828 metros. Foi ali que os termômetros registraram a temperatura mais baixa do Brasil, com 17,8 graus negativos e a sensação térmica de -40. Do topo se avista a Pedra Furada, com uma abertura de 30 metros de diâmetro, dando a forma de uma janela natural. De um lado, um grande cânion, e do outro, a vista de todo o litoral sul de Santa Catarina. O Morro da Igreja fica na Serra Geral, a 25 quilômetros do centro de Urubici.

Pedra Furada Formação rochosa com um furo em forma de janela, com aproximadamente 30 metros de circunferência, moldada pela ação da natureza em meio à Mata Atlântica. Pode ser vista a partir do Morro da Igreja.

Nascentes do Rio Pelotas As nascentes do Rio Pelotas estão numa região de campos alagados, onde existem trilhas. De lá também é possível avistar o Morro da Igreja.

Serra do Corvo Branco Um dos locais mais visitados do município, possui uma estrada que liga Urubici a Grão-Pará (estrada que recomendamos na trilha) e cruza seu ponto mais alto a 1.470 metros de altitude. No trajeto até lá é possível avistar cânions e vales profundos de diversos mirantes.

Cachoeira do Avencal Uma das mais belas quedas d'água da região, a Cachoeiras do Avencal possui 88 metros de altura. Para chegar é necessário caminhar por trilha de 800 metros.

Cascata Véu da Noiva Fica a apenas 18 quilômetros da cidade. Lá o visitante pode deslumbrar a queda d'água de 25 metros de altura.

Morro do Campestre Localizado a 8km do centro de Urubici, esse morro possui mirante com vista parcial do Vale do Rio Canoas. O melhor horário para visitação é durante o pôr-do-sol.

SÃO JOAQUIM

ATRAÇÕES:

Vale da Neve Localizado a 10 quilômetros de São Joaquim, em direção ao litoral, possui uma trilha ecológica que é considerada a mais bonita do Estado de Santa Catarina. Tem cinco cascatas, mas a atenção volta-se mesmo para a reserva de xaxins gigantes - com porte existente em poucos lugares do mundo (mais de um metro de altura). São 30 hectares de mata, quase três quilômetros de trilhas e, para quem não quer parar por aí, a possibilidade de se aventurar em uma tirolesa de 350 metros de cabo.

Igreja Matriz Foi construída entre 1918 e 1935 com pedra basalto retirada dos morros nos arredores. Sua arquitetura revela paredes externas esculpidas em pedra com imagens de profetas bíblicos.

Serra do Rio Rastro Com 1.500 metros de altitude, são 15 quilômetros de estradas asfaltadas, feitas sobre rochas naturais, contornando o cânion de 1.400 metros de profundidade. O passeio oferece paisagens exuberantes durante o percurso da "grande serpente" e, muitas vezes, o topo da serra é coberto pela neve, aumentando ainda mais sua beleza. Fica na divisa do município de Bom Jardim da Serra com Lauro Muller. No topo há um mirante de onde se pode avistar, em dias límpidos, parte do Oceano Atlântico, a mais de 100 km de distância e 1.460 metros abaixo. Uma curiosidade da estrada, no trecho principal de serra é que ela é totalmente iluminada, sendo suas lâmpadas alimentadas por uma usina eólica.





© Copyright 1998 - 2012 - 360 GRAUS MULTIMÍDIA
Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na Internet, sem autorização mesmo que citada a fonte.

Compartilhe:


Livros:

Equipamentos:

  • Parque Estadual Ilha Anchieta tem diversão por trilhas subaquáticas
    Lugares
    Parque Estadual Ilha Anchieta tem diversão por trilhas subaquáticas
  • Esclareça as suas dúvidas sobre canoagem
    Canoagem
    Esclareça as suas dúvidas sobre canoagem
  • Boipeba, na Bahia é escolhida como a praia mais bonita do Brasil
    Ecoturismo
    Boipeba, na Bahia é escolhida como a praia mais bonita do Brasil
  • Chile: um destino que promete surpreender por suas infinitas belezas
    Lugares
    Chile: um destino que promete surpreender por suas infinitas belezas
  • Chapada Diamantina revela sua maior preciosidade: a aventura
    Ecoturismo
    Chapada Diamantina revela sua maior preciosidade: a aventura
  • Mergulho em naufrágios: desvende este mistério!
    Mergulho
    Mergulho em naufrágios: desvende este mistério!