Japonês fica com o título da prova de patins in line no Pro Rad

Tema:Skate
Autor: Redação 360 Graus
Data: 8/5/2006

Que o título na prova de Patins Inline do Pro Rad ficou com Takeshi Yasutoko, que acertou todas as manobras nas suas duas voltas, com destaque para os "double backflips" (duplos mortais de costas) e um "1080" (três giros no ar). Seu irmão Eito foi o vice-campeão.

Feliz com o resultado, Takeshi disse ter feito no Pro Rad sua melhor apresentação no vertical. “Adorei competir no Brasil. Senti a energia do público e isso me motivou a fazer manobras especiais", acrescentou.

Eito foi prejudicado por duas quedas na segunda volta, quando tentava encaixar uma manobra que inclui giros e um mortal. Animado pelo público, aos gritos de "Go, Eito" ("Vá, Eito"), o japonês acabou acertando a manobra depois do fim da prova.

"Estou muito feliz por ter vindo ao Brasil. A manobra foi um presente para o público, que me incentivou o tempo todo. Se o Brasil não fosse tão longe do Japão, certamente viria mais freqüentemente para cá", disse Eito Yasutoko.

A supremacia dos irmãos japoneses na modalidade é tão grande quanto o equilíbrio entre eles: os dois terminaram a temporada 2005 empatados como líderes do ranking mundial. A agenda dos campeões é bastante apertada. Amanhã (domingo), os dois deixam São Paulo e partem para Kuala Lumpur, Malásia, onde disputarão o campeonato asiático de esportes radicais.

O terceiro lugar teve sotaque paulistano: com 240 pontos, Felipe de Oliveira, o "Filipinho", superou o holandês Sven Boekhorst (222 pontos). Beethoven Pitanga foi o quinto colocado e Alberto Arakaki, o "Japa", o sexto. "É como se fosse uma vitória pra mim. É sempre bom ficar no pódio. Os japoneses estão em outro nível mas, com muito treino, é possível chegar perto deles", disse "Filipinho".

Moto Freestyle

Uma apresentação perfeita deu o título da moto freestyle ao paulista Gilmar "Joaninha" Flores. A prova empolgou um público de mais de 1.500 espectadores. Único brasileiro a encaixar o "backflip", manobra que inclui um salto mortal de costas na moto, "Joaninha" levou a platéia ao delírio ao acertar a manobra por duas vezes na mesma volta.

Felizmente, a final da prova não registrou nenhuma queda, diferentemente do que acontecera na véspera, e "Joaninha", que fraturara a coluna no início do ano, festejou: "Graças a Deus ninguém se machucou".

No freestyle, os pilotos saem de uma rampa de 2,70 m altura e pousam em outra de 3,70 m. O tempo de vôo é de aproximadamente três segundos e eles podem dar no máximo oito saltos.

Resultado final patins in line:

1. Takeshi Yasutoko – 295 pontos
2. Eito Yasutoko – 249
3. Felipe "Filipinho" – 240
4. Sven Boekhorst – 222
5. Beethoven Pitanga – 206
6. Alberto Arakaki, o "Japa" – 205

Resultado Moto Freestyle:

1. "Joaninha" – 280 pontos
2. Gian Bergamini – 231
3. Cyro Oliveira – 230
4. Natan Azevedo – 153
5. Gustavo Russo – 136





© Copyright 1998 - 2012 - 360 GRAUS MULTIMÍDIA
Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na Internet, sem autorização mesmo que citada a fonte.

Compartilhe:


Livros:

Equipamentos:

  • Parque Estadual Ilha Anchieta tem diversão por trilhas subaquáticas
    Lugares
    Parque Estadual Ilha Anchieta tem diversão por trilhas subaquáticas
  • Esclareça as suas dúvidas sobre canoagem
    Canoagem
    Esclareça as suas dúvidas sobre canoagem
  • Boipeba, na Bahia é escolhida como a praia mais bonita do Brasil
    Ecoturismo
    Boipeba, na Bahia é escolhida como a praia mais bonita do Brasil
  • Chile: um destino que promete surpreender por suas infinitas belezas
    Lugares
    Chile: um destino que promete surpreender por suas infinitas belezas
  • Chapada Diamantina revela sua maior preciosidade: a aventura
    Ecoturismo
    Chapada Diamantina revela sua maior preciosidade: a aventura
  • Mergulho em naufrágios: desvende este mistério!
    Mergulho
    Mergulho em naufrágios: desvende este mistério!