Saiba mais sobre o esporte e entre no mar!

Tema:windsurf
Autor: Chris Bueno - 360 Graus
Data: 16/10/2009

Planar sobre a água utilizando a força do vento em uma prancha a vela. Essa é a definição do windsurf, um dos esportes a vela mais radicais – e mais praticados – no Brasil.

O grande desafio do esporte é conciliar o movimento da vela com a direção da prancha. A vela é impulsionada pelo vento, e o direcionamento é dado pelo prancha, de acordo com a movimentação do corpo.

O esporte olímpico é dividido em seis classes: Fórmula (o que conta aqui é a velocidade), Wave (para velejar nas ondas), Freestyle (onde o velejador pode usar e abusar de manobras ousadas), Slalom (velejo com obstáculos), Mistral (atual prancha olímpica) e Raceboard (com percurso parecido com o da Mistral, mas as pranchas podem variar). Algumas classes apresentam pequenas diferenças no formato e tamanho das pranchas e da vela, mas o conceito do esporte permanece o mesmo.

Características

O windsurf é uma combinação de surf e vela, e agrada aos dois times, pois permite que os surfistas vão para o mar em dias de ondas fracas e os velejadores pratiquem esporte com pouco vento.

O segredo do esporte é planar sobre as águas. Planar pode parecer difícil à primeira vista, mas os equipamentos do windsurf moderno estão ficando cada vez mais eficientes e facilitando o processo. Para iniciar o planeio é necessário vento de acordo com o equipamento, dominar o velejo em ventos fracos (posição de velejo), e ter uma postura de acordo (quanto mais estendidas estiverem as costas, braços e pernas, mais eficiente e distribuída será a força aplicada na vela para que impulsione o equipamento para frente).

Como todo esporte de ação, o windsurf envolve riscos. É preciso ter muita atenção a algumas regras de segurança na hora de praticá-lo. Algumas dicas importantes são nunca velejar sozinho no mar, usar sempre o colete salva-vidas de baixa flutuação, ter em mente que a prancha é o melhor salva-vidas e nunca se separar dela dentro d'água.

História

A história do windsurf remonta ao início da década de 1960, quando o casal Newman e Naomi Darby (ele velejador, ela canoísta) desenvolveu o primeiro protótipo de windsurf, incentivados por um desejo de Naomi em possuir uma vela em sua canoa para se locomover mais rápido. No entanto, a criativa idéia não foi bem recepcionada, e o casal desistiu da invenção antes de patenteá-la.

Quem acabou levando o mérito pela criação foram os amigos Hoyle Schweitzer (engenheiro aeroespacial) e Jim Drake (empresário e surfista), que, baseados num conceito um pouco diferente do inicial e com mais recursos financeiros, requereram patente do novo equipamento esportivo chamado windsurf, em 1968.

Um dos problemas para concretizar a idéia estava em como conciliar o movimento da vela com a direção da prancha. Mas não demorou até a dupla perceber que qualquer barco poderia ser controlado sem o uso do leme - somente com a ação da vela - e que uma prancha de surf pode ser direcionada apenas com a ação do movimento do corpo. Com esses conceitos em mente, Drake ficou responsável pelo desenvolvimento da vela e Schweitzer pelo shape e tamanho da prancha.

A primeira prancha de Schweitzer, chamada de SK-8s, foi feita em fiberglass – material considerado caro na época e substituído por um polyetileno da Dupont. Foi a Dupont, aliás, que se encarregou de divulgar o novo equipamento pelo mundo. Logo surgiram as primeiras escolas e os primeiros campeonatos.

Em 1973 foi realizada a primeira produção em série de pranchas para windsurf, pela empresa holandesa Tencate, uma das responsáveis pela popularização do esporte. Entre 1973 e 1978 foram comercializadas cerca de 150 mil unidades, o que fez com que várias empresas viessem a produzir o windsurf em todo o mundo. Em 1984 o esporte começou a ser disputado nos Jogos Olímpicos.

No Brasil, o windsurf começou quando o paulista Fernando Germano trouxe a primeira prancha de windsurf para o país. Os pioneiros do windsurf por aqui foram Klaus Peters (SP), Marcelo Aflalo (SP) e Leonardo Klabin (RJ), e nos anos 70 o esporte se tornou uma verdadeira febre nacional.

Equipamentos

  • Vela: tem a função de captar o vento e impulsionar a prancha. Existem vários tipos de velas, desde as feitas apenas com um tecido simples, até as construções mais sofisticadas com o uso de materiais como alguns tipos de fibra de carbono.
  • Retranca: mantém o formato da vela e direciona a prancha.
  • Mastro: mantém o formato da vela.
  • Extensão: utilizado para estender o mastro para a medida correta da vela.
  • Prancha: semelhante à prancha de surf, e seu formato e tamanho varia de acordo com a classe praticada.

    Onde praticar

    Uma das maiores vantagens do windsurf é que ele pode ser praticado em qualquer lugar, mesmo com ventos fracos.

    Assim como no surf, o Havaí é considerado o paraíso para o windsurf. Lá é possível reunir quase todos as condições de velejo, com ventos fortes e fracos, ondas pequenas e grandes. Sem contar que é um cenário deslumbrante.

    Aqui no Brasil, os locais preferidos para a prática do esporte são o Lago Paranoá, no Distrito Federal, Rio de Janeiro, Ilha Bela, em São Paulo, Santa Catarina e Jericoacoara, no Ceará, onde as condições de velejo e vento são bem favoráveis.

    As melhores condições para a prática do windsurf se apresentam no Nordeste, e por isso o local é o escolhido para sediar a etapa brasileira do Campeonato Mundial.

    Escolas

    Alagoas
    Escola de Windsurf
    Telefone: (82) 9902-3644 / 327-3644
    Email: snunesnetto@hotmail.com

    Ceará
    Bioboard
    Telefone: (85) 3219 8585
    Email: bioboard@bioboard.comb.br

    Megakitetours
    Telefone: (85) 9976-3934
    Email: funcam@voila.fr

    Jeri school- windsurf
    Telefone: (085) 9952 4967
    Email: merinhowind@hotmail.com

    Kitecenter Fortaleza
    Telefone: (85) Dudu 8843-1661 / Rafael 9979-9986
    Email: dudu@naish.com.br

    Wind&Kite Bê
    Telefone: (85) 9171-2979
    Email: bbrasil@yahoo.com

    Brasília
    Ale Wind e Escola de Kitesurf
    Telefone: (61) 99644021
    Email: alexandre.botelho@df.trf1.gov.br


    Clube do Vento
    Locais:AABB e ASCADE
    Lago Sul - Setor de Clubes Sul
    Telefone:(61)81248596
    Email: instrutor@clubedovento.com

    Wind Itinerante - Aulas de Kitesurf e Windsurf
    Telefone: (61) 8124-2099 / 245-2979
    Email: windjosue@hotmail.com

    Espírito Santo
    Escola de vela / Veleria / Guarderia
    Telefone: (27) 92757397 / 33915313
    Email: escoladevelarajada@hotmail.com

    Loop Windsurfing
    Telefone: (27) 3225-4040 & 9274-3212
    Email: fin@escelsa.com.br

    Maranhão Centro de Kitesurf Olho d'água
    Telefone: (98) 248 5932 / 9112 8050
    Email: calguimaraes@yahoo.com.br

    Minas Gerais
    Escola de Windsurf ICLI
    Telefone: (31) 8811-1645 / 3332-1351
    Email: memel15@terra.com.br

    Paraíba
    The Hand Kitecenter
    Telefone: (83) 248-3605 / 9382-6926
    Email: thehand@superig.com.br

    V2 Wind Club
    Telefone: (83) 247-8365 / (83) 9982-4436
    Email: v2windclub@uol.com.br

    Pernambuco Escola de Windsurf
    Telefone: (81) 3326-6741
    Email: bnick@nlink.com.br

    Pará
    Kanaha Water Sports
    Telefone: (41) 2339511 (41) 324-5217
    Email: kanaha@kanaha.com.br

    Rio de Janeiro
    Barão Wind Point
    Telefone: (22) 2667-0535
    Email: baraowind@yahoo.com.br

    MGW - Meu Garoto Windsurf
    Telefone: (21) 88040505 ou 99565548
    Email: mulim@terra.com.br

    RobWind
    Telefone: (0xx-22) 2673-5887
    Email: robwind@ubbi.com.br

    Rio Grande do Norte Escola de Kite e Wind Trust
    Telefone: (84) 238-2312 / 9987-9399
    Email: ricardokite@ig.com.br

    Escola de WindSurf e KiteSurf
    Telefone: (84) 234-3021 / (84) 982-5867
    Email: paulokite@hotmail.com

    Rio Grande do Sul
    Escola Rajada de Kitesurf
    Telefone: (51) 663-3771 / 9188-4190
    Email: rafawind@terra.com.br

    Prowind escola de Kitesurf e Windsurf
    Telefone: (53) 226 3939
    Email: prowin@prowind.com.br

    Santa Catarina
    Estação do Vento
    Telefone: (48) 232-4191 / (48) 9103-5243
    Email: estacaodovento@brasilnet.psi.br

    OpenWinds escola de windsurf, kitesurf e escalada
    Telefone: (48) 232-4443
    Email: openwinds@openwinds.com.br

    Windcenter
    Telefone: (48) 232-2278
    Email: windcenter@windcenter.com.br

    São Paulo BL3 Escola de Iatismo - Armação
    Telefone: (12) 472-1271
    Email: bl3@bl3.com.br

    BL3 Escola de Iatismo - Engenho D`Água
    Telefone: (12) 472-1034
    Email: bl3@bl3.com.br

    BL3 Escola de Iatismo - Guarapiranga
    Telefone: (11) 5524-3553 / (11) 5524-3465 / (11) 5546-5758.
    Email: bl3@bl3.com.br

    Tempo Wind Clube
    Telefone: (11) 5517-6039
    Email: tempowindclube@uol.com.br

    Campeonatos

    A Professional Windsurf Association (PWA) é o órgão responsável pela regularização do esporte em todo o mundo. Ela é também a organizadora do Campeonato Mundial, realizado anualmente em diversas etapas, cada uma sediada em um país diferente. Outra importante competição do esporte são os Jogos Olímpicos, que acontecem a cada quatro anos em uma localidade diferente.

    O Campeonato Brasileiro é disputado todos os anos com etapas em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Ceará entre outros estados. Existem também campeonatos específicos para cada modalidade do esporte (Campeonato de Fórmula Windsurf, Campeonato de Mistral etc).

    Links

  • 360 Graus – www.360graus.com.br/windsurf
  • American Windsurfer Magazine – www.americanwindsurfer.com
  • Associação Brasileira de Windsurf – www.abws.com.br
  • PWA - Professional Windsurfers Association – www.worldwindsurfing.com
  • Watersportsbrazil - http://www.watersportsbrazil.com/wsb/.
  • Windsurfmania – www.windsurfmania.com.br
  • Windsurf magazine – www.windsurfmag.com
  • Winsurfer – www.windsurfer.com





    © Copyright 1998 - 2012 - 360 GRAUS MULTIMÍDIA
    Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na Internet, sem autorização mesmo que citada a fonte.
  • Compartilhe:


    Livros:

    Equipamentos:

    • Parque Nacional Marinho dos Abrolhos
      Parques
      Parque Nacional Marinho dos Abrolhos
    • Parque da Restinga de Jurubatiba. Equilíbrio Biológico Global
      Ecoturismo
      Parque da Restinga de Jurubatiba. Equilíbrio Biológico Global
    • Penedo: conheça a bela 'pequena Finlândia' do Brasil
      Ecoturismo
      Penedo: conheça a bela 'pequena Finlândia' do Brasil
    • Rio Araguaia: uma das mais belas e principais paisagens brasileiras!
      Destinos
      Rio Araguaia: uma das mais belas e principais paisagens brasileiras!
    • Parati: charmosa, elegante e cheia de histórias de aventuras
      Lugares
      Parati: charmosa, elegante e cheia de histórias de aventuras
    • Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses reserva muitas atrações
      Ecoturismo
      Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses reserva muitas atrações